• Treinamento orienta colaboradores sobre segurança nas atividades de trabalho em altura

    by  • 4 de agosto de 2016 • 0 Comments

    A Norma Regulamentadora (NR) 35 orienta sobre os cuidados para realização de atividades de trabalho em altura, estipulando que as atividades realizadas acima de dois metros de altura são consideradas perigosas e devem obedecer as normas de segurança pela referida norma imposta, prevenindo assim, acidentes por queda.

    A fim de capacitar sua equipe de colaboradores da unidade de Farroupilha/RS, através do Técnico em Segurança do Trabalho da empresa, Rodrigo Pereira Machado, a Cetric promoveu na quarta-feira, 27 de julho, um treinamento sobre a “segurança e saúde no trabalho em altura”.

    Participaram da capacitação, motoristas, supervisor de logística e analista administrativo. Conforme o Técnico em Segurança do Trabalho, Rodrigo Pereira Machado, o treinamento teve como objetivo instruir sobre as normas inerentes à segurança dos profissionais com trabalhos em altura, contribuindo para a formação de trabalhadores habilitados a exercer o trabalho em altura em qualquer ambiente vertical com eficiência, segurança e responsabilidade.

    Durante o curso, o profissional de segurança ainda explanou sobre a importância do uso correto dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIS) e os cuidados com os mesmos, para que cumpram com o papel de proteger o trabalhador durante as atividades de risco. Também foi abordado junto aos colaboradores responsáveis pelo transporte, à necessidade e importância em se cumprir com normas internas no que se refere aos controles internos referentes ao veículo e seus itens de segurança.

     

    Newsletter

    Cetric participa da semana do meio ambiente da AMBEV

    by  • 1 de julho de 2016 • 0 Comments

    A preservação e práticas para proteger o meio ambiente foram discutidas na Semana do Meio Ambiente da Companhia de Bebidas das Américas (AMBEV) na unidade de Anápolis, em Goiás. A empresa realizou internamente, no dia 23 de junho, ações para orientar seus colaboradores e parceiros.

    A Cetric participou da ação, onde o representante comercial, Diego Fagundes, explanou sobre o trabalho desenvolvido e também sobre a coleta e destinação de resíduos Classe I e Classe II.

    O gerente de Meio Ambiente da Ambev Anápolis, Matheus Nogueira Lemos e o representante comercial da Cetric, Diego Fagundes.

     

    Newsletter

    17 de junho: Dia mundial da luta contra a desertificação

    by  • 17 de junho de 2016 • 0 Comments

    Nesta sexta-feira, 17 de junho, é celebrado o “Dia Mundial da luta contra a desertificação”, visando sensibilizar a sociedade sobre a importância dos cuidados com a terra para a manutenção da vida.

    O processo destrutivo do solo é conhecido como desertificação. No Brasil, a exploração dos recursos naturais vem impactando várias partes do país, principalmente, onde a condição climática tem como característica, períodos de seca prolongada e chuvas concentradas.  Esses fatores provocam a degradação da terra, a perda da cobertura vegetal nativa e a redução da disponibilidade de água.

    Clique e confira mais informações sobre o tema.

    Newsletter 

    Membros da CIPA, gestão 2016/2017, participam de treinamento na matriz em Chapecó/SC.

    by  • 25 de maio de 2016 • 0 Comments

    Membros da CIPA.

    Na última quarta-feira, 18 de maio, os 14 membros da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) da Cetric Chapecó, em Santa Catarina, participaram de um treinamento prático sobre Combate a Incêndio e Hidrantes, conforme a Norma Regulamentadora (NR-5 e NR-23).

    O treinamento prático teve duração de três horas, sendo ministrado pelo Técnico em Segurança do Trabalho, Rodrigo Pereira Machado. Conforme o instrutor, a atividade forneceu noções básicas sobre prevenção e combate a incêndio. Proporcionou ainda, conhecimento prático, com a finalidade de atuar na prevenção e na correta utilização de extintores e hidrantes em edificações e áreas de risco, utilizando métodos e equipamentos próprios, de forma a garantir a segurança dos trabalhadores, de terceiros, das instalações e do meio ambiente.

    Cipeiros participam de treinamento.

     

    Newsletter

     

    Colaboradores da Cetric Londrina/PR recebem visita técnica

    by  • 10 de maio de 2016 • 0 Comments

    Na última sexta-feira, 05 de maio, a Cetric Londrina/PR recebeu uma visita técnica a fim de promover a capacitação dos colaboradores que realizam trabalhos com equipamentos elétricos, no que diz respeito à correta operação e manuseio com segurança.

    A atividade foi coordenada pelo encarregado da oficina mecânica, Edmilson Batini com a colaboração das empresas ROPEL – Máquinas e Ferramentas, através do gerente comercial, Rogério Souza, do consultor técnico da BOSCH, Claudenir Braga e pelo departamento de compras, Leonardo Arimatsu e Alexandre Dias.

    Os soldadores, mecânicos e encarregado da oficina mecânica receberam, durante uma hora, instruções para operação, manuseio e segurança em trabalhos de corte, desbaste e acabamento, além de segurança pessoal.

    Conforme a Técnica em Segurança do Trabalho da Cetric Londrina, Luciana Vilas Boas, antes de operar qualquer ferramenta elétrica, devem-se ler atentamente todas as instruções de segurança descritas no manual do equipamento e participar dos treinamentos, a fim de reduzir os riscos de fogo, choques elétricos e ferimentos ao operador e melhor aproveitamento e produtividade.

     

    Newsletter 

    Curso para formação de cipeiros na Cetric Chapecó/SC.

    by  • 9 de maio de 2016 • 0 Comments

    Fazer a prevenção exige tempo e conhecimento. Por isso, a segurança do trabalho e a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) devem, constantemente, receber treinamentos e orientações para aprimorar processos e tornar a vida do empregado e do empregador mais segura.

    A Cetric de Chapecó, em Santa Catarina, frequentemente disponibiliza aos colaboradores capacitações para melhorar os processos e reduzir riscos à vida. Na terça-feira, 27 de abril, iniciou o encontro da CIPA, gestão 2016/2017, no auditório da Matriz, em Chapecó, com o objetivo de orientar os novos cipeiros, bem como, apresentar as funções e procedimentos para a preservação da vida no ambiente de trabalho.

    A abertura do treinamento foi realizada pela Engenheira de Segurança do Trabalho da Polymed, Patrícia Mascarello. A profissional orientou sobre “Higiene Ocupacional”, que tem como objetivo eliminar ou reduzir os agentes agressivos de natureza química, físicas ou biológicas encontradas no ambiente de trabalho, capazes de acarretar doenças profissionais ou qualquer outro prejuízo à saúde do trabalhador.

    Além disso, discorreu sobre a importância da CIPA cobrar os trabalhadores em relação ao uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), citando as Normas Regulamentadoras NR5 e NR6.

    No período da tarde, a atividade foi conduzida pelo Técnico em Segurança do Trabalho da Polymed, Daniel S. Queiroz, que abordou questões ligadas à legislação, ao processo eleitoral e atribuição dos cipeiros.

    O Técnico em Segurança do Trabalho da Polymed, Daniel S. Queiroz, orienta os membros da CIPA. 

    Conforme o Técnico em Segurança do Trabalho da Cetric, Rodrigo Pereira Machado, a CIPA tem como objetivo a prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho, de modo a tornar compatível permanentemente o trabalho com a preservação da vida e a promoção da saúde do trabalhador.

     

    Newsletter 

    Colaboradores da Cetric Caçador/SC recebem orientações sobre o trabalho em altura

    by  • 22 de abril de 2016 • 0 Comments

    Profissionais que atuam na Cetric de Caçador/SC participaram de um treinamento na matriz, em Chapecó/SC, na última segunda-feira, 18 de abril.  A atividade envolveu motorista e ajudante de carreta bomba vácuo e foi conduzido pelo Técnico em Segurança do Trabalho, Rodrigo Pereira Machado.

    O profissional realizou durante oito horas, de forma teórica e prática, orientações sobre a Norma Regulamentadora 35, que aborda a segurança e saúde no trabalho em altura. Conforme o técnico, o risco de queda existe em várias atividades, portanto “é necessário intervir em situações de risco, tornando os colaboradores mais seguros e capacitados para agir em qualquer imprevisto”, comenta.

    A NR 35 estabelece os requisitos mínimos e as medidas de proteção para o trabalho em altura, envolvendo o planejamento, a organização e a execução, de forma a garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores que interagem direta ou indiretamente com esta atividade. Ainda, esta norma é aplicável a qualquer trabalho realizado acima de dois metros de altura do piso, em que haja risco de queda do trabalhador.

     

    Newsletter 

    Trabalho em altura é tema de capacitação na Cetric Chapecó/SC

    by  • 4 de abril de 2016 • 0 Comments

    No dia 04 de março a Cetric Chapecó, no oeste catarinense, promoveu o curso de segurança e saúde no trabalho em altura, conforme a Norma Regulamentadora 35. A atividade ocorreu na fábrica de caixas, envolvendo serralheiros, pintores e o encarregado do setor, totalizando 13 participantes.

    O treinamento – teórico e prático – teve duração de oito horas, sendo ministrado pelo Técnico em Segurança do Trabalho, Rodrigo Pereira Machado. Conforme o profissional, o risco de queda existe em várias atividades, portanto “é imprescindível intervir nestas situações de risco, aprimorando os trabalhos e capacitando os trabalhadores”, comenta.

    Os serralheiros da fábrica de caixa receberam informações sobre a execução de trabalho em altura, capacitando-os para prevenir acidentes, analisar riscos, bem como, orientar sobre o uso correto dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e as condutas em situações de emergência.

    Sobre a NR-35:

    Esta norma estabelece os requisitos mínimos e as medidas de proteção para o trabalho em altura, envolvendo o planejamento, a organização e a execução, de forma a garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores que interagem direta ou indiretamente com esta atividade.

    Considera-se trabalho em altura toda atividade executada em níveis diferentes e na qual haja risco de queda capaz de causar lesão ao trabalhador. Adicionalmente, esta norma é aplicável a qualquer trabalho realizado acima de dois metros de altura do piso, em que haja risco de queda do trabalhador.

     

    Newsletter 

    Cetric em Ponta Grossa, no Paraná, promove capacitação

    by  • 1 de abril de 2016 • 0 Comments

    Na última quinta-feira, 31 de março, colaboradores da Cetric Ponta Grossa, no Paraná, participaram do treinamento teórico e prático sobre Trabalho em Altura, conforme a Norma Regulamentadora (NR-35). A atividade teve duração de oito horas, sendo conduzida pela Técnica em Segurança do Trabalho, Luciana Vilas Boas.

    Conforme a profissional, o risco de queda existe em várias atividades, portanto “é necessário intervir nestas situações de risco regularizando o processo e tornando os trabalhos e trabalhadores mais seguros”, comenta.

    Motoristas e ajudantes receberam informações sobre a execução de trabalho em altura, capacitando-os para prevenir acidentes, analisar riscos, bem como orientar sobre o uso correto dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e as condutas em situações de emergência.

    Sobre a NR-35:

    A NR- 35 estabelece os requisitos mínimos e as medidas de proteção para o trabalho em altura, envolvendo o planejamento, a organização e a execução, de forma a garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores envolvidos direta ou indiretamente com esta atividade.  Ainda, define que trabalho em altura é toda a atividade executada acima de 2 metros do piso de referência.

    Conforme o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), uma das principais causas de mortes dos trabalhadores se deve a acidentes envolvendo queda de pessoas e materiais. 30% dos acidentes de trabalho ocorridos ao ano são decorrentes de quedas.

     

    Newsletter 

    Proteção contra incêndios é tema de capacitação na Cetric Araucária/PR

    by  • 22 de dezembro de 2015 • 0 Comments

    Nos dias 17 e 18 de dezembro, 16 colaboradores da Cetric Araucária, no Paraná, participaram de um treinamento prático voltado à prevenção de combate a incêndios e abandono de área, além de receberem informações sobre as classes de incêndio e de extintores.  A atividade foi conduzida pela Técnica em Segurança do Trabalho da Cetric, Luciana Vilas Boas, que durante dois dias realizou aulas práticas sobre a Norma Regulamentadora – NR 23.

    O Plano de Abandono de Área foi criado para auxiliar na evacuação de pessoas em caso de sinistros. Tal procedimento é realizado de acordo com a estrutura predial, seguindo rigorosamente o padrão mais seguro para desocupação do local.

    A Brigada de Incêndio é treinada nas condições do ambiente onde o Plano de Abandono foi elaborado, proporcionando experiência e um vasto conhecimento nos procedimentos estabelecidos no documento. Conforme a Técnica em Segurança do Trabalho da Cetric, Luciana Vilas Boas, a simulação deve ocorrer constantemente, com todos os colaboradores e flutuantes que estiverem no local. Os extintores e hidrantes devem sempre estar desobstruídos.

     

    Newsletter