• Grupo Cetric entrega biblioteca reformada para estudantes da Escola Básica Municipal Água Amarela de Chapecó

    by  • 13 de maio de 2019 • Notícias • 0 Comments

    A inauguração reuniu apoiadores, comunidade e Secretária da Educação do município.

    O evento aconteceu no dia 09 de maio, às 14h.

    Na tarde da última quinta-feira, 09 de maio, a Escola Básica Municipal Água Amarela de Chapecó/SC ficou ainda mais cheia de vida. Isso porque, pais, mães, alunos e professores lotaram a instituição, ansiosos pelo momento em que a nova biblioteca fosse inaugurada à comunidade.

    Graças ao Projeto Biblioteca Viva, do Grupo Cetric e o apoio de empresas e profissionais locais, os alunos da escola e a comunidade, foram presenteados com um novo espaço para leitura.

    Para quem esteve presente na inauguração, foi impossível não notar os olhares curiosos e os sorrisos nos rostos das dezenas de crianças que aguardavam ansiosas pelo momento em que a fita vermelha, presa à porta, fosse retirada.

    O evento teve início às 14h e reuniu, além dos representantes da Cetric, diretores das empresas apoiadoras do projeto, pais, alunos e professores. A Secretária da Educação de Chapecó, Sandra Maria Galera, também esteve presente.

    Na ocasião, os apoiadores foram presenteados com um kit da Cetric, como forma de agradecer pelo envolvimento e doações realizadas à reforma da biblioteca. O projeto contou com o apoio das empresas: Energisystem, que contribuiu com todo o material elétrico e mão de obra elétrica; Coriarte, com as tintas para pintura. A arquiteta Mariana Haiduck, ficou responsável por todo o projeto arquitetônico.

    Os apoiadores do Projeto estiveram presentes e receberam uma lembrança da Cetric.

    Além desses, a Biblioteca Viva contou ainda com o apoio da empresa Cetrilife, da Plagesso, que doou todo o gesso utilizado. As cortinas do espaço de teatro foram doadas pela Classe Cortinas e todo o material gráfico do projeto foi desenvolvido pela agência Vox Brazil Comunicação.

    Após os agradecimentos, a fita vermelha foi cortada, inaugurando oficialmente a nova biblioteca. Os olhares das crianças e dos professores brilharam ainda mais ao ver o resultado. Além de mesas para estudo e local para apresentações teatrais, um espaço exclusivo para alunos com necessidades especiais foi organizado para deixá-los mais confortáveis. Tudo para oferecer bem-estar e instigar os alunos a lerem ainda mais.

    Para a gestora da escola, Cleuza Marca, ter a instituição beneficiada com esse projeto é uma emoção muito grande. “A gente não tem palavras para agradecer. Essa ação da Cetric trouxe muitos pontos positivos, uma melhora no espaço físico e esperamos que isso seja atrativo para os alunos, que eles se sintam motivados, à vontade, acolhidos, pois foi um espaço pensado com muito carinho para eles”, pontua.

    Antes da reforma realizada por meio do projeto Biblioteca Viva.

    Após a reforma o espaço ganhou ainda mais vida.

    Um espaço para as crianças desenvolverem a imaginação

    Tiago Pereira da Silva tem seis anos. Ler é uma das coisas que o garoto mais gosta. Seus livros favoritos são aqueles em que é possível brincar com a imaginação. Um de seus títulos prediletos é ‘Assustados’.

    Para o garoto de riso fácil e jeito rápido de falar, a nova biblioteca vai oportunizar ainda mais momentos para a leitura, muito mais do que o espaço anterior. “Ficou bem melhor do que aquela biblioteca que tinha almofadas no chão. Gostei de tudo”, pontua.

    Assim como Tiago, sua colega Isabela da Silva Clei, também de seis anos, fez os olhos brilharem ao ver o resultado do espaço reformado. Para ela, que adora a história ‘A Bela e a Fera’, a biblioteca ficou ainda melhor, mais bonita, alegre a inspiradora.

    O mesmo sentimento é partilhado pela mãe de um dos alunos da escola, Adriana Ferreira da Silva. “Ficou melhor agora, bem mais bonito, vai incentivar os alunos a lerem mais. O meu filho amou”, coloca.

    Uma fita vermelha foi cortada para oficializar a abertura da biblioteca.

    O Projeto Biblioteca Viva

    O Projeto Biblioteca Viva é uma ação desenvolvida pelo Grupo Cetric, com o intuito de reformar a biblioteca da Escola Municipal Básica Água Amarela de Chapecó. De acordo com a diretora administrativa da Cetric, Carolina Baldissera Rosset, o projeto teve início após outra ação realizada no ano passado, que possibilitou à equipe conviver com os alunos e professores da escola.

    “Tivemos a oportunidade de verificar as carências da instituição e vislumbramos que podíamos auxiliar o local de alguma forma, pois, além de nossa empresa estar inserida na mesma comunidade, vários filhos de colaboradores estudam no local, então julgamos importante contribuir para esse ambiente, torná-lo ainda melhor”, pontua.

    A tarde de inauguração da biblioteca contou também com apresentação do Grupo de Teatro Cia de La Curva e uma homenagem dos alunos para às mães. Além disso, um coffee break foi servido aos convidados no fim do evento.

    Para o Grupo Cetric, realizar ações como essa para a comunidade é uma forma de tornar a sociedade mais justa e igualitária. “Acreditamos que é de fundamental importância contribuir socialmente no local onde estamos inseridos”, complementa.

    Para a comunidade, ações como essa possibilitam acesso a uma melhor qualidade de vida. “Um ambiente mais bonito, agradável e organizado melhora o desempenho e a produtividade das crianças nos estudos, auxilia nas rotinas diárias da escola, além de trazer mais conforto a todos que trabalham na instituição. Uma das características mais procuradas em profissionais, atualmente, é a criatividade e nada melhor que uma biblioteca, que te dá um mundo de oportunidades”, enfatiza a diretora da Cetric.

    A diretora da Cetric, Carolina Baldissera Rosset, e sua filha estiveram presentes para realizar a entrega da biblioteca.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *