• Gestão de resíduos industriais: o que fazer

    by  • 19 de outubro de 2018 • Notícias • 0 Comments

    Grupo Cetric

    O resíduo industrial consiste em sobras da produção, como é de composição mista. Não é possível descartar sem uma gestão específica, pois podem causar impactos negativos ao ambiente em que entra em contato.

    Não fazer a gestão de resíduos industriais, pode acarretar em enormes problemas para o meio ambiente e para os seres humanos. Isso, porque se não houver o descarte correto, pode contaminar o ar, o solo e a água com metais pesados e gases tóxicos, resultando em contaminações graves, além de disseminar doenças.

    É de responsabilidade das empresas encontrar a melhor solução de descarte para os resíduos industriais, reduzindo o máximo possível o impacto sobre o meio ambiente e a saúde pública.

     

    Melhores práticas na gestão de resíduos 

    Os resíduos podem ser sólidos ou líquidos, perigosos ou não perigosos, por isso, devem ser categorizados antes da sua destinação final, onde serão neutralizados.

    O ideal é condicionar os resíduos em equipamentos específicos de acordo com seu grau de periculosidade, classificação, quantidade e indicar sua composição. Desta forma, é possível evitar a contaminação, ajudando a melhorar a qualidade de vida da população em geral e do meio ambiente.

    Desenvolvemos um passo a passo simples, com  etapas a serem seguidas para ter a melhor gestão dos resíduos industriais, confira:

     

    01. Ordenamento dos resíduos

    Nesta etapa, é necessário entender quais as razões para os resíduos industriais serem gerados, analisar também, a quantidade e o tipos de resíduos. Após isso, encontrar oportunidades para eliminar ou reduzir sua produção. Também é nesta etapa que é indicado fazer a ordenamento e armazenamento correto do resíduo.

     

    02. Coleta e transporte 

    Para a coleta e transporte, é necessário contratar um serviço especializado que conte com equipamentos preparados e veículos licenciados. Desta forma, não haverá danos ao meio ambiente e a saúde pública.

     

    03. Tratamento e transformação

    Após o transporte, são encaminhados para o tratamento e destinação final devidamente autorizado e licenciado, de acordo com a sua classificação ou são reciclados e transformados, quando possível.

     

    Conclusão 

    Se as empresas conseguirem seguir esses passos simples, conseguirão dar o melhor destino aos resíduos gerados na empresa. Se cada um fizer sua parte, aos poucos, os danos à natureza e à qualidade de vida das pessoas irá reduzindo.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *